PROBLEMAS DE ESCALONAMENTO DE PROJETOS COM RESTRIÇÃO DE RECURSOS: UM ESTUDO DE CASO NO SETOR DE PETRÓLEO E GÁS

Autores

  • Guilherme Henrique Ismael de Azevedo UFF - Universidade Federal Fluminense Departamento de Engenharia de Produção
  • Artur Alves Pessoa UFF - Universidade Federal Fluminense Departamento de Engenharia de Produção
  • Camila Raemy Rangel Torres UFF - Universidade Federal Fluminense Departamento de Engenharia de Produção

Resumo

O presente estudo visa aplicar um modelo de otimização de escalonamento de projetos com restrição de recurso a um estudo de caso em uma empresa do setor de Petróleo e Gás. Para isso, um Algoritmo Genético proposto na literatura é adaptado às principais especificidades da empresa. Uma formulação de programação inteira mista é utilizada para validar os resultados da heurística. Ao longo do estudo de caso, são formulados cenários que avaliam diferentes impactos na duração do projeto, auxiliam o dimensionamento das equipes e dando suporte à tomada de decisão. Como na comparação entre os cenários foram encontradas inconsistências, é proposto um método para corrigi-las. Com os resultados, é possível verificar equívocos na elaboração do contrato e a baixa sensibilidade do cronograma em relação determinados recursos. Além disso, é possível analisar diversos fatores que, no futuro, podem originar melhorias para o modelo proposto.

Palavras-chave: Otimização; Escalonamento de Projetos; Restrição de Recursos.

Biografia do Autor

Guilherme Henrique Ismael de Azevedo, UFF - Universidade Federal Fluminense Departamento de Engenharia de Produção

Artur Alves Pessoa, UFF - Universidade Federal Fluminense Departamento de Engenharia de Produção

Camila Raemy Rangel Torres, UFF - Universidade Federal Fluminense Departamento de Engenharia de Produção

Downloads

Publicado

21-09-2012

Como Citar

Azevedo, G. H. I. de, Pessoa, A. A., & Torres, C. R. R. (2012). PROBLEMAS DE ESCALONAMENTO DE PROJETOS COM RESTRIÇÃO DE RECURSOS: UM ESTUDO DE CASO NO SETOR DE PETRÓLEO E GÁS. Pesquisa Operacional Para O Desenvolvimento, 4(3), 288–303. Recuperado de https://www.podesenvolvimento.org.br/podesenvolvimento/article/view/108

Edição

Seção

Artigos